O sentido da vida está dentro de você

Esta série de textos aborda nossa incessante busca de um sentido para a vida. Incessante, porque insistimos em buscar lá fora aquilo que sempre esteve aqui, dentro da gente.

“Todos os deuses, todos os paraísos, todos os demônios estão contidos em você.” 

– Joseph Campbell

Tem gente que vive para o trabalho. Tem gente que vive para seu “mozão”. Tem gente que não vive sem “shopping-terapia”. Tem gente obcecada pelo corpo, tudo pelo fitness, tudo por aquela selfie na frente do espelho da academia. Tem gente que encontrou em Jesus uma razão para viver. E muito embora essa gente toda possa experimentar momentos de felicidade ao se encontrar com suas razões de existir, é pouco provável que o êxtase que vivenciam seja duradouro. São explosões de felicidade, intercaladas por momentos de ansiedade, raiva ou apreensão. Isso porque sua felicidade depende unicamente de algo externo para florecer.

Dou um valor enorme ao trabalho. Sempre busco fazer meu melhor para entregar resultados acima da média. Não me contento com resultados medíocres. Mas não sacrifico minha vida pessoal em nome do trabalho. Não mais.

Houve um longo período de minha vida em que o trabalho era o centro de tudo, e que estar feliz dependia unicamente de concluir um trabalho dentro do prazo, com qualidade, muito esforço pessoal e o devido reconhecimento por parte do cliente. Se algum desses elementos não estivesse presente, a felicidade não seria a mesma. Assim, minha felicidade dependia totalmente do reconhecimento de meu esforço pelos outros. Minha felicidade não era duradoura, tampouco verdadeira.

Sou casado com uma mulher fantástica, e temos duas filhas que amamos e que nos amam. Mas não somos dependentes uns dos outros, no que tange a nossa felicidade individual. Por certo não deveríamos ser, mas acontece de vez em quando. Amamos estar juntos e curtir nossos momentos juntos, mas buscamos ser felizes quando estamos distantes uns dos outros. E quando não estão por perto, claro que sinto a falta delas, ainda mais quando estamos longe por longas três semanas, quatro horas de diferença de fuso horário e 12 horas de vôo entre elas e eu. Estar ao lado delas me faz feliz, mas minha felicidade não pode depender exclusivamente delas, e nem a delas de mim.

Cresci em uma família católica e, até que a ciência prove o contrário, acredito que existe um Deus. Você pode chamá-lo de força superior ou energia desconhecida, o antes do Big Bang, ou mesmo de acaso, mas até hoje não fomos capazes de provar que Deus não existe. Defender sua não-existência é tão “religião”, é tão “crença” quanto acreditar nele. Agora, independente de sua crença, entregar a Deus a responsabilidade por fazer você feliz é muita crueldade de sua parte! Ele tem bilhões de pessoas, e mais um número gigantesco de animais e plantas, para cuidar a cada milésimo de segundo. E mesmo Ele sendo unipresente, não acha que é muita responsabilidade que insistimos em jogar nos braços dele? Vá ser feliz por conta própria! Deixe que Ele cuide de problemas mais sérios que a sua (falta de) felicidade! Se você seguir aquilo que está escrito na Bíblia, vai ver que “todos os deuses, todos os paraísos, todos os demônios estão contidos em você” !  1

IMG_0441

Sim, é verdade. Me mandaram essa dia desses. Pra quê tudo isso?!?

Rezar para agradecer aquela graça alcançada, ou então para pedir isto ou aquilo, simplesmente não pode fazer você feliz, se tudo o que faz quando não está rezando é reclamar do trabalho, brigar com a esposa por algo estúpido, fofocar sobre a filha da vizinha ou amaldiçoar e condenar ao fogo do inferno aquele que não crê em Deus, que acredita em outros deuses, que tem preferências sexuais outras que as suas ou que é feliz de uma forma que sua igreja não aceita.

Ben White

 

A felicidade depende unicamente de você. E de ninguém mais. O problema é que, para descobrir a felicidade que está dentro de você, é preciso enfrentar-se, conhecer aquilo que te faz feliz e aquilo que te tira do sério. As suas virtudes e seus mais obscuros vícios. Reconhecer que o mal também habita sua mente, e o que você vai fazer com ele: ocultá-lo, sufocá-lo ou reconhecê-lo e aprender a conviver com sua inevitável presença?

“A caverna na qual você teme entrar é a mesma que guarda os tesouros que você procura.”

– Joseph Campbell

Para descobrir a felicidade verdadeira que está dentro de cada um de nós, temos que entender que depender de fatores externos para sermos felizes é ilusão. E que para chegar nessa felicidade interior, nessa felicidade genuína, é preciso encarar a caverna de nossas mentes, descobrir o que está ali dentro, tirar algumas coisas que ocupam espaço e atrapalham, e só então chegar aos tesouros que estão ali, muito bem guardados.

Compreender que só você tem o poder de dar a volta por cima e tornar a sorrir é extremamente reconfortante, e só quem enfrentou a infelicidade gratuita, incompreendida e injustificável e então descobriu a felicidade dentro de si próprio sabe como é bom sentir tudo isso.

Andre L Braga é coach profissional com certificação internacional pelo Instituto Holos, embora não exerça tal função. Atua em finanças em uma multinacional de bens de consumo. Sabe que ainda há pedaços de felicidade escondidos na caverna de sua alma, e que para alcançá-los, terá que enfrentar alguns trechos escuros que dão medo, mas que chegará o dia em que terão que ser encarados de frente, e nesse dia sua felicidade se expandirá ainda mais.

1 “Vocês não sabem que são santuários de Deus e que o Espirito de Deus habita em vocês?” (Coríntios 3:16)

   “Aquele que pratica o pecado é o Diabo.” (João 3:8)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.