Sobre determinação.

“As pessoas não carecem de força, carecem de determinação.” – Victor Hugo

Minha filha mais nova é um pequeno pedaço de gente, pesando pouco mais de 20 quilos e medindo algo ao redor de um metro e vinte. Ela nunca tinha esquiado na sua curta existência. Pelo menos não até a semana depois do Natal.

Ela teve sua primeira aula de duas horas de duração. Aprendeu como se comportar na neve, como se equilibrar no ski, como se levantar depois de levar aquele tombo. E depois brincou um pouco mais, sempre sob minha supervisão.

No segundo dia, uma forte nevasca, e com fortes ventos. Mas não importa. Lá se foi ela para sua segunda aula, debaixo de neve e apesar dos fortes ventos. E depois ela esquiou mais e mais, primeiro comigo, depois sozinha, e aprendeu como controlar seus movimentos.

E a história toda acaba aqui. Ela não se tornou nenhuma campeã de esportes olímpicos de inverno. Ela não é nenhuma criança-prodígio no ski. Mas ela foi lá, aprendeu, encarou as intempéries e enfrentou seus medos, se é que ela realmente tinha algum antes das aulas. Ela aproveitou o momento e aprendeu algo novo, sabendo que o aprendizado vem com a prática.

Parece algo bastante básico, não? “Criança aprende rápido mesmo!”, você deve estar aí pensando. Mas algumas crianças aprendem com maior facilidade que as outras, e a diferença entre aquelas que aprendem e aquelas que sofrem com os desafios que a vida lhes apresenta deve estar na combinação medo (ou ausência dele), vontade ou determinação, e a diversão envolvida no aprender algo novo. Algumas crianças se divertem com os desafios, outras “jogam a toalha”, vão fazer algo mais fácil, choram e chamam papai e mamãe.

E então essas crianças se tornam adultos e repetem o mesmo padrão comportamental, de novo e de novo e de novo.

“O campo da derrota não está povoado de fracassos, mas de homens que tombaram antes de vencer.” – Abraham Lincoln

Lutar por aquilo que se quer pode ser prazeroso. Basta curtir o momento. Curtir o processo de aprendizado. Curtir a viagem entre o ponto no qual se encontra atualmente, e onde se quer chegar. Mas reclamar é mais fácil. Pôr a culpa nos outros é mais fácil. Desistir e ir buscar sua zona de conforto é sempre mais, digamos, confortável.

O que você gostaria de fazer? Qual o sonho de infância que segue martelando na sua cabeça, mas que nunca recebeu o devido esforço para tornar-se realidade? Como é a vida que você sonha, e quão distante essa vida se encontra de sua realidade atual? Quais passos são necessários para se chegar lá? E como você pode transformar os sacrifícios que isso tudo requer em algo prazeroso? Como você pode fazer para apreciar o processo para se chegar lá? Reflita nisso. Escreva tudo n’um pedaço de papel. Seja claro sobre o que é preciso, o que você precisa abandonar para seguir seus sonhos e, principalmente, quanto tempo isso tudo vai levar para se tornar real. Seja realista, não se iluda com falsas expectativas. E então, aproveite a viagem. Nada disso precisa ser penoso. Nada disso precisa ser sofrimento. Basta aprender a curtir o aprender. Igual a criança que um dia você já foi.

Andre L Braga tem formação em Coaching & Mentoring pelo Instituto Holos, embora não exerça profissionalmente tal função. Atua em finanças em uma multinacional de bebidas não-alcoólicas. Em 1996, seu inglês não servia nem para pedir lanche no McDonalds. Ainda assim, aceitou participar de um projeto de consultoria no exterior. Cinco anos mais tarde, era instrutor de treinamentos em inglês, para Norte-Americanos e Canadenses, no centro de treinamento de seu antigo empregador, em St Charles. Como isso foi possível? Ele, assim como sua filha mais nova, ignorou os medos e apenas curtiu o processo de aprendizado, transformando-o de sacrifício em algo extremamente prazeroso.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.