Melhor Jair cumprindo as promessas…

Antes de mais nada, que fique muito bem claro: não voto nele. Nem no Haddad. Nem no Ciro. Então podem guardar a munição (e a emoção) para outro post. Quaisquer comentários sobre ser fascista, esquerdista, ou até mesmo centrão e isentão, serão totalmente ignorados. Não é pra isso que escrevi este post…

Meu post vem como conselho de amigo. Sei que não sou amigo dele. Nem de fato, nem da onça. Mas, às vezes, bons conselhos vêm de onde menos se espera. Este é, pelo menos acho eu, um daqueles conselhos. Este, especificamente, vem de um não-eleitor declarado, que percebe e reconhece que as chances dele não são poucas. E é aqui que começa meu conselho…

Melhor Jair se preparando pra cumprir as promessas de campanha, nobre candidato!

Porque conheço gente que vive em área dominada pelo tráfico. Gente que convive dia após dia com toque de recolher. E essa gente está apostando as fichas em você. Porque você vai dar um jeito na bandidagem. Imagina só se, daqui um ano, a coisa continuar na mesma. Se, daqui dois anos, essas pessoas não se sentirem mais seguras em suas próprias casas. Pior ainda, se tiverem arma em casa, tudo dentro da lei que o senhor irá aprovar, e nada melhorar na rotina desses eleitores. Imagina só a reação do povo…

Também conheço vítimas de abuso sexual. Você falou em castração química. Agora, imagina você. Castra um ou outro, fica lindo no jornal, mas os estupros continuam. E os punheteiros do ônibus, do trem e do metrô continuam agindo. E aí o seu eleitor percebe que não adiantou muito o lance da castração, porque pune alguns, mas não resolve o problema, que está mais enraizado do que pode parecer em seu discurso. Imagina a revolta do pai de família que confiou no nobre deputado, e que passou pelo martírio de tentar socorrer sua filha, vítima de violência sexual, e que teve atendimento negado pelo SUS. Tudo bem que esse projeto de lei ainda não passou. Mas e se passar?

Também conheço famílias de bem morando em favelas. Aí temos que a polícia tem carta-branca pra matar bandido. Entra na favela, vê suspeito na esquina carregando metranca e mete bala. Depois averigua que não era metralhadora, era guarda-chuva. E o suspeito era pai de família. Trabalhador. Honesto. Cidadão de bem. Votou em você. Ele e a família. Parece exagero? Coisa de esquerdista? Mas aconteceu… Não sei se ele votaria em você. Talvez sim, talvez não. Mas avance no tempo. Como vai treinar sua polícia para identificar quem é bandido, quem é honesto? Lembro de uma entrevista, em que afirmou que estamos em uma guerra civil, e que gente inocente vai morrer, sim… Ainda está valendo isso, caso seja eleito?

Menos importante, entendo. Mas conheço gente que “dá uns tiros”. Entende a expressão? Ou então, que vai mais de leve, que “dá uns tapas”. Antes que me acusem, não sou um deles. E não teria problemas em assumir, se caso o fosse. O lance é que eles votam em você. Porque você vai acabar com a bandidagem. Mas eles trabalham. São honestos. Só precisam de um passatempo, uma distração, entende? E compram de uns caras “parça”, não é de bandido não… Então… Imagina só quando começar a botar essa turma no xilindró… Eles votaram em você, e ignoraram parte da proposta de governo…

Agora esta é bem mais relevante que os manés do pó e da erva. Com certeza! Será que você e sua equipe estão sendo claros o suficiente sobre as propostas que tocam leis trabalhistas e reforma da previdência? Entendem esse lance de carteira de trabalho verde e amarela? Imposto de renda unificado a 20%? Ou uma eventual volta da CPMF, em substituição à contribuição previdenciária patronal, como foi aventado pelo Paulo Guedes? Por sinal, ótima escolha! Admiro muito um economista com o gabarito do Paulo, banqueiro, fundador do Banco Pactual, na sua equipe de Governo!

Então… Se suas promessas de campanha não forem implementadas, se o controle da violência não surtir efeito rápido, acha que seus eleitores, e a população em geral, vão apoiar as reformas trabalhistas, tributárias e da previdência? Ou será que vamos ver índices de rejeição similares aos de Temer? Pensa nisso com carinho, tá?

Agora, o pior de tudo é o plano de crescimento e controle da inflação. Vejo grandes similaridades com o “Milagre Econômico” da década de 70. Não é de se surpreender, visto suas origens. O único problema é que o tal do milagre veio às custas de hiperinflação nos anos 80. Espero, sinceramente, que Paulo Guedes tenha as respostas para a pergunta: “O que deu de errado naquele modelo?”, e possa evitar tais acidentes de percurso. Afinal, seu eleitor e o povo em geral querem medidas sustentáveis no longo prazo. Ninguém está pensando em votar no deputado para mais um voo de galinha. Ou faz o Brasil decolar, ou desiste. Ninguém precisa de outro Lula, só que de direita!

A propósito, falando dele… Essa é a grande mensagem que quero lhe passar. Não precisamos de outro Lula. Nem no tocante a corrupção e roubalheira generalizada. Nem no tocante a promessas vazias. Prometeu, cumpra! Isso é o mínimo que seu eleitor, e o povo em geral, espera de Vossa Excelência! Não me venha com desculpas, mais tarde, do tipo “não fiz porque no Congresso só tem bandido”, ou que “não consigo implementar as mudanças porque tá cheio de comunista no legislativo”. Seu eleitor lhe dá um voto de confiança, de que será o mais forte Presidente que o Brasil já viu, e que implementará as promessas de campanha. Não tem desculpa. Seu eleitor não aceitará desculpas.

Isso posto, fica aqui mais uma vez meu conselho. Cumpra suas promessas. E não vou votar em você. Nem no primeiro, nem no segundo. Mas seu eleitor, esteja certo: ele vota por conta daquilo que você diz. Ele acredita nas suas promessas. Então, por favor, não seja mais um político cheio de promessas e vazio de atitudes.

Se eleito, desejo-lhe sucesso. Enquanto candidato, desejo-lhe que perca.

Um abraço.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.