As Instituições Estão Funcionando Normalmente | Flavio Pereira Senra

Acrísio perdeu tudo aquilo que poderia defini-lo como ‘gente de sucesso’, mas jamais perdeu sua humanidade. Filho de Anaximandro, irmão de Admeto e Alcíone, o protagonista vive em realidade distinta da fantasia de privilégios na qual seus consanguíneos estão inseridos. De um lado, a certeza de serem ‘elite’; do outro, o martírio de se reconhecer no meio das engrenagens.

A história narrada pelo Flavio dificilmente será superada por outra neste ano, e estamos apenas nas primeiras semanas de 2022! Afirmo isso por diversos motivos:

  • É uma ficção política, meu Porto Seguro.
  • É muito bem escrita, envolvente, intrigante.
  • É super pé-no-chão, não foge da realidade, não especula, mas, ainda assim, é ficção – quem me acompanha, sabe minha bronca com ficção política em que x autorx se esquece que tem que ter ficção na narrativa 😡
  • Parafraseando o autor Vinícius Canabarro, quando disse que Teocracia Brasilis é o livro que ele gostaria de ter escrito, este é o livro que EU gostaria de ter escrito!

As Instituições (…) é real, não faz uso de subterfúgios, como uma suposta força sobrenatural, para atingir seus objetivos. É cruel. É pesado. É o tipo de história que a gente se projeta e se enxerga.

Quem não perdeu amigos para a sedutora promessa do bost@n@rismo? Quem não perdeu parentes para essa praga? Eu perdi. Triste dizê-lo, mas eu perdi. F0d@, mas é o que é. O discurso é sedutor, ele faz mais sentido que vagas noções de civilidade. Quando está tudo uma m3rd@, uma arma na mão e uma justiça injusta parecem fazer muito sentido… 😢

Se As Instituições (…) fosse minha história – e como queria tê-la escrito! -, ela acabaria no capítulo 44. Put@ capítulo f0d@! Não sou fã de finais felizes, não sou fã de esperanças. As Instituições (…) não tem um final propriamente feliz, mas a esperança no final não condiz com a minha pessoa.

A esperança, dizem, é a última que morre, mas quantas pessoas devem morrer, para que a esperança siga viva?

Leia. Só leia.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.