A Estrela do Cerrado | Renata De Luca

Em seu romance de estreia, a Renata De Luca traz uma trama policial de linguagem moderna, fluída e descomplicada.

O crime, narrado neste livro, ao contrário da escrita da autora, é de uma complexidade ímpar, com diversos detalhes, meandros e algumas aparentes “cortinas de fumaça”, tudo isso para deixar leitorxs curiosxs para os próximos detalhes, os próximos acontecimentos, as próximas revelações.

Um assalto aos cofres particulares de um banco. Jóias são roubadas, incluindo uma esmeralda de valor inestimável. Segredos, há muito guardados, também são levados pelos assaltantes. Na investigação, além da polícia de São Paulo, um investigador da seguradora do banco e um repórter da maior rede de televisão do país. Dentre as vítimas do assalto cinematográfico, algumas “socialites” paulistanas.

A história é bem complexas, com muitos coadjuvantes e protagonismo compartilhado entre diferentes personagens, o que demanda atenção redobrada dx leitorx. Ao final, uma surpresa, que vai se desdobrando nos últimos 15 a 20% da história, mas que já estava presente axs leitorxs, desde o primeiro contato com o livro, em suas frases de impacto.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.