Pus | Vinícius Canabarro

NÃO LEIA SE ESTIVER ATRAVESSANDO UMA CRISE DE ANSIEDADE, SOFRENDO DE DEPRESSÃO PROFUNDA OU SE PENSAMENTOS SOBRE 4UT0MUT!L4Ç40 OU SU!C!D!0 ATORMENTAM SUA MENTE.

Colocado o aviso de gatilho com todas as letras, posso começar a falar sobre este que é, por enquanto, a obra prima de meu amigo de distopias, Vinícius Canabarro.

Em Pus, temos um protagonista que se afunda na ditadura do lucro, elevada aos mais insustentáveis níveis. Numa sociedade que assistiu ao Estado sendo substituído pelo Capital, a máquina enxugada e substituída pela iniciativa privada, o protagonista se vê num regime exploratório disfarçado de progresso. Se, hoje, vivemos para pagar contas, nesse futuro, vivemos para pagar para trabalhar e garantir o lucro dos detentores dos meus de exploração. É o pesadelo do trabalhador, disfarçado de discurso progressista do “meritusurpador”.

Devorei o livro em poucas horas, como moscas que devoram uma ferida purulenta. Ao protagonista, um cão e a certeza da roupa dobrada, a única dignidade que não poderiam tirar dele.

Não se pode tirar da gente, algo que decidimos tirar, nós mesmos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.